Atuando em Castro a quase dois meses, o delegado Bradock tem realizado vários trabalhos na cidade, prisões, investigações, bate-grade na cadeia entre tantos outros serviços que competem à sua função.

 Flagramos nesta manhã uma frase no muro de uma casa próximo ao colégio Matilde Baer com a seguinte mensagem  “Aqui ñ Bradock…Aqui é favela“.

Parece que alguém não está satisfeito com o delegado e por isso não quer a presença deste no bairro.