A Polícia Civil de Imbituva, com o apoio da delegacia de Castro e das equipes da 13ª Subdivisão Policial (SDP), cumpriu três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão na cidade de Londrina.

De acordo com a polícia, em razão de investigação policial, as equipes identificaram membros de uma associação criminosa voltada para a prática de roubos em diversas residências do Paraná.

A quadrilha também é acusada de crimes de estelionato. As investigações, segundo a Polícia Civil, apontaram que uma mesma quadrilha teria sido responsável por roubos em cidades localizadas na região dos Campos Gerais, como Imbituva, Castro, São Sebastião da Amoreira e Mauá da Serra.

O delegado que coordenou as investigações, Luis Gustavo Timossi, titular da delegacia de Imbituva, conta que a operação foi a primeira fase visando a completa desarticulação da quadrilha.

Ao todo, foram registrados cinco roubos a residências com suspeita de envolvimento da associação dos rapazes identificados.