Após cinco meses sem recolhimento extra na conta de luz, neste mês de maio a bandeira tarifária passará da cor verde para a cor amarela, que prevê cobrança de R$ 1 a mais a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira (26) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Bandeira amarela em maio

De acordo com a Aneel, a cor amarela indica “condições menos favoráveis” e a conta custará mais ao consumidor em função das condições de geração.

O último mês que a tarifa não esteve na cor verde, foi em novembro de 2018. Na época a conta de luz estava na cor amarela. Entretanto, nos cinco meses anteriores a cobrança chegou a ser da cor vermelha patamar 2, que significa acréscimo de R$ 5 a cada 100 kWh.