Top Ad 728x90

quinta-feira, 7 de março de 2019

  • ,

    CAPAL tem o maior resultado da história

    Cooperativa com sede em Arapoti (PR) apresentou crescimento de 18%, com R$ 1,4 bi de faturamento e sobras de R$ 53 milhões

    Associados da CAPAL aprovaram por unanimidade o balanço da cooperativa, que concluiu 2018 com R$ 1.422 bilhão de faturamento, crescimento de 18% comparado ao ano anterior. A cooperativa garantiu uma sobra de R$ 53,4 milhões, o maior resultado da sua história. O anúncio foi oficializado na Assembleia Geral Ordinária (AGO), ocorrida na Associação dos Funcionários da CAPAL (Asfuca), em Arapoti (PR), sede da cooperativa.

    AGO aconteceu em Arapoti, sede da CAPAL. Foto: Divulgação CAPAL.

    Erik Bosch, diretor-presidente do Conselho de Administração, comemorou os números, apesar de todos os desafios que assolaram a cooperativa no ano passado. “Passamos por momentos difíceis em 2018, como a greve dos caminhoneiros, problemas no mercado de suínos, desafios na política do Brasil, mas, apesar de tudo isso, conseguimos esses números”.

    A cooperativa tem quase 3 mil cooperados nos estados do Paraná e São Paulo, sendo Taquarituba (520), Wenceslau Brás (382), Carlópolis (359) e Arapoti (300) os municípios com maior número de associados. Ao todo, está presente em 80 municípios, com 15 unidades e cinco indústrias da Unium, em parceria com as cooperativas Frísia e Castrolanda.

    Como produtos CAPAL, são vendidas as linhas de ração (para suínos, bovinos e aves), sementes (trigo e soja), suplementos (corte e leiteiro) e ração para cães (à base de carne e vegetais). Após o anúncio e aprovação dos resultados, os cooperados almoçaram na Asfuca. Durante o mês de fevereiro, foram realizadas as pré-assembleias, em municípios de atuação da cooperativa, descentralizando a apresentação dos números e alcançando os cooperados que não poderiam estar presentes na AGO.

    Estiveram na assembleia a prefeita de Arapoti, Nerilda Aparecida Penna, o presidente da Câmara Municipal, Marineo Ferreira, o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Paraná (Sescoop/PR), Leonardo Boesche, e a gerente de Operações do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Carmem Truite.

    Informações da assessoria.

    Veja ainda