Top Ad 728x90

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

  • , ,

    Mulher foi morta a poucos metros de casa

    Cristiane morava próximo ao local do crime. Ela trabalhava como auxiliar de operação e tinha dois filhos, uma menina de 2 anos e um menino de 5.


    O Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa identificou o corpo da mulher morta brutalmente a facadas na tarde de quarta-feira (09) em Castro. A vítima trata-se de Cristiane Tereza Carneiro, de 32 anos. Ela deixa dois filhos, uma menina de 2 anos e um menino de 5. 


    Cristiane foi morta com pelo menos 20 facadas em plena luz do dia na Rua Guilherme Alfredo Kiel, no Jardim dos Bancários. Ela morava a pouco mais de 300 metros do local do crime, na Travessa Iapó. Testemunhas disseram que a mulher foi perseguida e esfaqueada por um homem ainda não identificado. O suspeito teria fugido com a bolsa da vítima. 

    A principal linha de investigação é de que o crime possa se tratar de um latrocínio – roubo seguido de morte. No entanto, outras hipóteses ainda não foram descartadas. 

    Cristiane era natural de Curitiba e trabalhava em Castro como auxiliar de operação. O sepultamento dela está marcado para as 18h30min desta quarta-feira (10) no cemitério municipal de Piraí do Sul. 

    Veja ainda