quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

  • , , ,

    Homem disse que matou namorada por causa de bebida

    Rapaz de 29 anos confessou ter matado a namorada e depois ter escondido o corpo dela em uma fossa. Ele foi preso em uma escadaria em Ponta Grossa horas após o crime.

    Renato dos Santos confessou ter matado a namorada a facadas

    O suspeito de esfaquear até a morte a namorada e depois esconder o corpo dela em uma fossa séptica foi preso pela polícia no início da noite desta quinta-feira (03), em menos de 24 horas após o homicídio. Ele foi encaminhado à 43ª DRP, delegacia responsável pela investigação do crime. 

    De acordo com a Polícia Civil, o rapaz identificado como Renato dos Santos, de 29 anos de idade, confessou o crime. Ele afirmou que matou a companheira por causa de bebidas e brigas. 


    O rapaz foi preso em uma escadaria aos arredores da rodoviária de Ponta Grossa, na Avenida Visconde de Taunay. Ele estava se passando por andarilho, mas acabou reconhecido por um investigador que passava pela região. Uma equipe da Polícia Militar foi chamada até o local e deu voz de prisão ao suspeito. 

    Renato, que se encontra preso na cadeia pública, deve ser indiciado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. 

    O crime 


    A jovem identificada até o momento como Aline foi morta durante a manhã de quinta-feira (03) em uma propriedade rural na localidade da Campinas das Pedras, interior de Castro. Após esfaquear a mulher até a morte, o rapaz escondeu o corpo em uma fossa nos fundos da residência. O cadáver foi encontrado horas mais tarde pelo cunhado da vítima que seguiu manchas de sangue no chão. Leia a matéria completa sobre o crime: Assassinada a facadas, mulher tem corpo jogado em fossa no interior de Castro



    Avon