terça-feira, 27 de novembro de 2018

  • ,

    Projeto “Mono de Castro” é apresentado em encontro

    Macaco monocarvoeiro foi encontrado quando técnicos da concessionária Copel estavam instalando linhas de transmissão de energia na região do Abapan


    A Secretaria Municipal de Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente de Castro em parceria com a Secretaria Municipal de Educação apresentou na quinta-feira (22), em Piraí do Sul, durante a Mostra de Projetos de Educação Ambiental, o projeto “- Muito prazer! Sou o Mono de Castro”. A mostra é resultado da capacitação em educação ambiental - Flona de Piraí do Sul - Construindo nosso espaço de Educação Ambiental, financiado pelo Instituto Chico Mendes - ICMBio, que visou contribuir com a formação de educadores capazes de desenvolver processos de ensino-aprendizagem em comunidades escolares e com outros grupos sociais, promovendo a reflexão crítica e a ampliação da participação na gestão ambiental.


    Mono

    O macaco monocarvoeiro foi encontrado quando técnicos da concessionária Copel estavam instalando linhas de transmissão de energia no Vale do Ribeira, na localizada do Abapan. Pesquisadores mapearam a área para fazer o estudo de 33 macacos que vivem, predominantemente, nas copas das árvores. Este primata, considerado um dos maiores da América do Sul, está em risco de extinção nacional e mundial, segundo levantamentos de órgãos ambientais.

    Projeto

    A campanha de educação ambiental “Muito prazer! Sou o Mono de Castro” foi desenvolvida pela equipe da Secretaria Municipal de Obras, Serviços Públicos e Meio Ambiente e professores das Escolas Municipais Dalila Ayres e Jahyr Lopes. Várias brincadeiras foram adaptadas e aplicadas às crianças da rede municipal de ensino, que de forma lúdica se sensibilizaram sobre a importância da conservação e da recuperação da população em extinção do primata - Brachyteles arachnoides, chamado na nossa região de monocarvoeiro.

    Além dos esforços dos órgãos ambientais estaduais e municipais, das instituições de pesquisas científicas e apoiadores para a implantação de uma Unidade de Conservação na região de abrangência do mono no Distrito do Abapan, a intenção de transformá-lo, por meio desta campanha, numa espécie bandeira - definição para as espécies carismáticas que atraem a atenção das pessoas - pode ser outra estratégia que amplia a garantia de proteção da população de monocarvoeiros no município de Castro.

    Considerando a educação ambiental como um dos processos mais eficientes para mudanças de comportamentos dos cidadãos, na relação homem-natureza, esta campanha vem ao encontro da estratégia de implantação de uma Unidade de Conservação, sensibilizando os castrenses e promovendo os monos de Castro em espécie bandeira protegida no município.

    Segundo o superintendente do Meio Ambiente, Henrique Salgado, a troca de experiência entre os envolvidos no processo em prol a conservação da população dos monos da nossa região foi valiosa. “Além da interação que ocorreu entre as secretarias com a troca de experiências, muitas pessoas não sabiam da existência dos monos em Castro, nem da sua fragilidade por estar em risco de extinção. Esta campanha de educação ambiental cumpriu apenas uma etapa sensibilizando os alunos principalmente aqueles moradores na região de ocorrência do mono. Com a implantação da área de conservação, vamos estender estas atividades educativas para todo o município transformando-o também numa espécie que identifique a nossa região”, concluiu.

    Informações da assessoria de imprensa

    Anúncio Recarga Grátis