‘Gangue do Abapan’ invade casa e dá foiçada na cabeça de deficiente



Grupo armado com foices e facões teria invadido a casa do rapaz; empresário é suspeito de chefiar as agressões
 

Imagem Ilustrativa

Um deficiente mental, de 19 anos, foi covardemente ferido na noite de quinta-feira (25) na localidade do Abapan, zona rural de Castro. A vítima foi agredida com chutes, socos e ainda levou um golpe de foice na cabeça. Os autores do crime não foram presos.

De acordo com o registro policial, um grupo de três homens, armados com facões e foices, invadiram a casa do rapaz por volta das 19 horas e começaram a persegui-lo. O jovem tentou fugir pelos fundos da residência, mas acabou cercado e levado pelos agressores. Minutos mais tarde, o rapaz foi encontrado caído próximo a uma loja de telefones. Ele havia levado chutes, murros e um golpe de foice na cabeça. 

Ainda de acordo com a ocorrência, os principais suspeitos do crime são vizinhos da vítima. Horas antes, o dono de uma revenda de gás havia se desentendido com o rapaz. O empresário chegou a acionar a Polícia Militar para registrar um boletim por ameaça.

Depois que os policiais foram embora, o empresário teria se reunido com outros dois homens para preparar uma emboscada. O grupo fugiu logo após realizar as agressões e até o momento não foi localizado. Não há informações sobre o estado de saúde do rapaz agredido.

Postar um comentário

0 Comentários