Em duas ações distintas PM apreende maquinas Caça Níquel em Castro


A Polícia Militar fechou o cerco contra estabelecimentos que oferecem jogos de azar em Castro. Em duas ações distintas foram apreendidos três computadores e dinheiro ligados ao jogo eletrônico de caça níquel. Em ambos os casos, os proprietários dos estabelecimentos foram encaminhados até o cartório PM onde foram ouvidos e encaminhados ao fórum.

O primeiro caça níquel foi apreendido por volta de 18:30h, após uma denuncia via 190 os policiais foram até um bar localizado no Bairro Perpétuo Socorro e flagraram a máquina caça-níquel instalada em local de fácil acesso. Além disso, nesse primeiro bar foram encontrados diversos comprovantes de jogo do bicho. O proprietário, um rapaz de 27 anos foi ouvido pela PM em termo circunstanciado e liberado.

A segunda apreensão ocorreu mais tarde, por volta de 23:30h durante uma operação arrastão promovida pela 3ªCIA PM. Um bar, localizado no bairro morada do sol, próximo ao cemitério, foi alvo de abordagem e fiscalização. Os policiais desconfiaram de uma porta e ao verificar encontraram uma sala com duas maquinas eletrônicas de caça níquel, devidamente instaladas e em funcionamento. As máquinas e o proprietário de 49 anos foram encaminhados ao cartório PM para os devidos procedimentos.

O funcionamento das máquinas caça níquel

Os aparelhos apreendidos pela PM em Castro são do tipo totem eletrônico, equipados com monitor, teclado e acesso a internet. Para tentar despistar a fiscalização, funcionam com duas senhas, uma para acesso a internet, tal qual uma lan house, e outra senha secreta para abrir a interface do jogo de azar.

A maquina aceita cédulas de 2, 5, 10, 20 e 50 reais, porém, caso alguém seja sorteado o pagamento deve ser feito pelo dono do estabelecimento, pois a maquina não devolve dinheiro.


Postar um comentário

0 Comentários