quarta-feira, 23 de maio de 2018

  • Paralisação dos caminhoneiros deixa postos de Castro sem gasolina

    Três dias de paralisação dos caminhoneiros, que protestam contra o preço do diesel, foi suficiente para deixar postos de combustíveis de Castro sem gasolina nas bombas.  Ontem (22) muitos motoristas com medo de ficar sem o combustível nos próximos dias formaram filas em frente a postos da cidade para abastecer. O reservatório de alguns deles foi esvaziado em pouco tempo.


    Nesta quarta-feira (23) apenas um posto do município amanheceu com gasolina nas bombas. No entanto, o produto do estabelecimento acabou ainda pela manhã. Alternativa para quem tem carros flex está sendo abastecer com o etanol, que ainda está disponível em alguns postos da cidade.


    No posto Via Láctea, ao lado da Rodoviária – na Avenida Presidente Kennedy, filas de carro para abastecer etanol virou a rua, chegando perto do Colégio Vespasiano. O trânsito no local está lento. “Não há previsão de quando vamos voltar a oferecer gasolina, tudo depende da liberação das estradas. Até o momento só temos diesel e álcool, mas não sabemos até quando nossos reservatórios vão durar”, disse o frentista de um postos visitados pelo Gazeta Popular.


     

    [caption id="attachment_3605" align="alignnone" width="4608"] Fila de carros no Posto Via Láctea virou a esquina e chegou próximo ao Vespasiano nesta manhã//Foto: Gazeta Popular[/caption]

    Anúncio Recarga Grátis