domingo, 25 de março de 2018

  • Vítima de acidente será sepultada nesta segunda-feira

    Será sepultado na segunda-feira (26), o corpo do técnico em informática Raphael Alves de Oliveira, morto em um acidente de trânsito na madrugada deste domingo, 25 de março, em Castro. A vítima conduzia uma motocicleta que colidiu de frente com uma caminhonete no Jardim das Araucárias.


    A notícia da morte do rapaz causou repercussão e grande comoção. Desde o início da manhã, familiares e amigos usam o Facebook para postar homenagens a Raphael. Alguns dos usuários alteraram a foto de perfil por uma imagem de luto. Inúmeras mensagens foram deixadas na linha do tempo da vítima. “Era como um irmão que eu nunca tive, sou eternamente grato por tudo que você fez por mim. Vai com Deus” escreveu um dos primos. “Poxa vida, gente. Sem palavras”, lamentou um amigo.


    Raphael era natural de Castro e tinha completado 25 anos no dia 14 do mês passado. Casado, ele morava com a mulher e a filha, de sete meses de vida, em uma casa na Rua Maestro Pedro Maia, a poucos metros do local da tragédia. Trabalhava há quase cinco anos no setor administrativo da Fábrica Vapza. Um colega de trabalho lembra que Raphael sempre levava a família nos torneiros de futebol que participava. “Ele amava a família e adorava jogar bola, um cara humilde, gente boa. Uma perda bastante lamentável, um amigo que não veremos mais”.  


    Velório e sepultamento


    O velório começou por volta das 15 horas e reúne familiares, amigos e colegas de trabalhado na capela da Funerária Castro, na região central do município, para se despedir de Raphael. Amanhã, a partir das 9 horas, o corpo segue em cortejo até o Cemitério Frei Mathias, onde acontece o sepultamento.


    O acidente


    Raphael conduzia um moto quando no cruzamento da Avenida José Napoli com a Rua Rosana Cardoso Amato bateu de frente com uma caminhonete. A suspeita é de que um dos veículos não tenha respeitado a sinalização de preferencial. O Siate, do Corpo de Bombeiros, chegou a ser chamado, mas o rapaz não resistiu e morreu na UPA de Castro. O motorista da caminhonete foi submetido ao teste do bafômetro que encontrou vestígios de álcool em seu organismo. O homem foi autuado por embriaguez ao volante e levado a 43ª Delegacia Regional de Polícia Civil.

    Anúncio Recarga Grátis