Agência inclui Santuário de Brotas em pacote turístico

Um dos primeiros reflexos da inclusão do Santuário de Nossa Senhora das Brotas, em Piraí do Sul, a Rota do Rosário, é a inserção do local em pacotes turísticos de uma agência de Curitiba. A operadora de turismo montará, a partir de maio, uma peregrinação por nove locais da Rota, onde ocorrerão atividades específicas. E o Santuário de Brotas encerrará a caravana. A oficialização da inclusão do Santuário a Rota do Rosário se deu no último dia 27, com a assinatura de uma ata pelos bispos de Ponta Grossa, dom Sergio Arthur Braschi, e de Jacarezinho, Antonio Braz Benevente. Foi em Jacarezinho que surgiu o projeto de evangelização da Rota, em 2008, tendo por finalidade a comunhão entre santuários e divulgação dos patrimônios cultural, histórico e arquitetônico do Norte Pioneiro aos Campos Gerais.


De acordo com o padre Evandro Luís Braun, reitor do Santuário de Nossa Senhora das Brotas, apesar de constar de documentos, manuais e livros como parte da Rota, o Santuário não era oficialmente seu integrante. “Há algum tempo temos conversado, eu e o coordenador da Rota, padre Celso (Miqueli), com a anuência dos dois bispos, e percebemos que seria bom para a Rota do Rosário e também para o Santuário a inclusão. Com ela, existiria um trabalho conjunto em santuários e destinos religiosos, no sentido que um atrativo conduza ao outro fazendo com que as pessoas se encontrem com Jesus. Ideia é evangelizar através do Turismo”, comentou o reitor. Na prática, a coordenação do santuário de Piraí do Sul passará a trabalhar em conjunto com os responsáveis pela Rota, a participar dos encontros e reuniões. “Com isso, haverá um aprendizado muito grande porque a troca de experiências entre os vários santuários e destinos nos deixará mais fortes a nível estadual, aumentará os contatos”, acrescenta.




[caption id="attachment_2573" align="alignnone" width="720"] Foto: Felipe Martins[/caption]

Padre Evandro lembra que, na Rota do Rosário, aumenta bastante o acesso à Secretaria estadual de Turismo, à Paranatur, facilita e ampliam-se os diálogos. Aliado a isso, os materiais de divulgação serão feitos em conjunto, com uma maior tiragem, o que possibilitará patrocínios melhores. “Essa experiência dessa agência de turismo de Curitiba, de vender pacotes e trazer visitantes para o Santuário de Brotas é o primeiro fruto concreto da inclusão na Rota. À medida que forem vendendo os pacotes, as caravanas se repetirão”.


A Rota do Rosário é a composição de um terço e o Santuário de Brotas está na linha direta do desenho do terço. O santuário foi inserido pela proximidade e porque tem ganhado visibilidade e valorização devido as festas e atividades que nele se desenvolvem, justifica padre Evandro. A inclusão vai exigir medidas que favoreçam a visitação. “Vamos seguir nos passos que já estamos dando de melhorar sinalização, acessibilidade e informação dadas. Com a mudança, os voluntários e colaborares precisarão ter um conhecimento mais amplo da realidade turística e especialmente da Rota do Rosário. Eles vão precisar saber falar sobre todos os atrativos aos visitantes e acolher bem os que vem, os incentivando a ir aos outros destinos”.


Festa


O reitor do santuário garante que o sucesso da Festa de Nossa Senhora das Brotas pesou muito na inserção do santuário na Rota do Rosário. “Houve um encantamento dos reitores e responsáveis pelos destinos turísticos pela Festa, de como ela é organizada, como ela acontece. Este ano, perto de 20 mil passaram pela festa e a chuva, ao invés de atrapalhar, acabou favorecendo o aspecto religioso e de convivência das pessoas.


A avaliação foi muito positiva. “As pessoas ficaram embaixo das tendas e procuraram os locais de oração”, destaca, citando que a programação seguiu praticamente o mesmo o roteiro do ano passado, com exceção do retorno dos seminaristas para a oração pelos fieis e a inclusão da Capela de Frei Galvão entre os pontos de oração, com a distribuição das pílulas.

Postar um comentário

0 Comentários