Comoção e homenagens marcam enterro de motorista atropelada

[caption id="attachment_2011" align="aligncenter" width="719"] Mãe de três filhos, Edina Mara era motorista apaixonada pela profissão//Reprodução Facebook[/caption]

Familiares e amigos de Edina Mara Martins, de 36 anos, se reuniram na tarde deste sábado (07) para o sepultamento da motorista em Castro.




[caption id="attachment_2006" align="alignright" width="300"] Edina trabalhava atualmente na Log Brasil. Com faixa preta em sinal de luto, caminhões da empresa participaram do cortejo//[/caption]

O cortejo saiu às 17 horas da Capela da Funerária Castro, na Vila Rio Branco, onde acontecia o velório, em direção o cemitério Nossa Senhora do Rosário, local do enterro. Um caminhão com a carroceria enfeitada por coroas de flores carregava o caixão. Ônibus, caminhões e carros seguiram atrás em carreata fazendo buzinaço em homenagem a Edina. Mais de 50 veículos participaram do funeral.


Durante o enterro, o clima foi de comoção. Emocionados, amigos e familiares prestaram as últimas homenagens. O corpo foi sepultado sob aplausos da multidão que acompanhava a cerimônia de despedida.




[caption id="attachment_2005" align="alignleft" width="300"] Viação Cidade de Castro usou ônibus com faixa preta em homenagens a vítima[/caption]

Mãe de três filhos (Gessica, 17, Jederson, 16, e Jean, 13), Edina Mara era motorista apaixonada pela profissão, a qual dedicou mais de cinco anos de sua vida. Foi uma das primeiras mulheres a trabalhar como motorista na Viação Cidade de Castro. Passou ainda por pelo menos outras duas empresas de transportes: Serra Verde e Log Brasil.




[caption id="attachment_2004" align="aligncenter" width="960"] Colegas de trabalho fizeram buzinaço com caminhões em homenagem a vítima[/caption]

Edina morreu na madrugada de sexta-feira, 06 de outubro, atropelada no pátio de uma Usina de Beneficiamento de Leite, localizada às margens da PR-151. A mulher, que estava em seu primeiro dia de trabalho como manobrista no estacionamento da empresa, teria caído embaixo de um caminhão. O veículo teria começado a andar sozinho logo depois de a vítima dar a partida. As causas do acidente ainda não foram esclarecidas. A Polícia Civil deve apurar se o caminhão apresentava algum tipo de falha nos freios.


[video width="640" height="480" mp4="http://www.gazetapopular.info/wp-content/uploads/2017/10/WhatsApp-Video-2017-10-07-at-21.56.42.mp4"][/video]



 

Postar um comentário

0 Comentários