Notícias

Feira de Profissões incentiva jovem a ingressar no mercado de trabalho em Castro

Por Letícia Araújo - Gazeta Popular

Além de esclarecer dúvidas, eles poderão conhecer o que cada curso oferece e participar de palestras.

[caption id="attachment_938" align="aligncenter" width="1156"] Primeira turma de alunos do projeto de cursos gratuitos oferecidos pela Cooperativa Castrolanda//Foto: Leticia Araujo[/caption]

Foi realizada nesta quinta-feira (29) a 2ª Edição da Feira de Profissões em Castro. O evento ocorreu no Colégio Est. Major Vespasiano C. de Mello das 14h às 21h, com entrada gratuita.

O visitante esclareceu dúvidas sobre como se inscrever para cada curso com alunos, professores, funcionários de cada empresa. Além disso, à noite houve palestras de profissionais que já fizeram cursos técnicos e estão no mercado de trabalho atualmente.

[caption id="attachment_939" align="alignright" width="244"] Maurício Galdino é coordenador e professor do curso de Eletrotécnica do Senac. Na foto, ele levou uma maquete de uma de suas atividades, e frisou a importância de obter qualificação profissional//Foto: Leticia Araujo[/caption]

A diretora do colégio que sediou a feira, Luciane Aquiles Sleutjes relatou que a maioria dos jovens se formam no Ensino Superior e vão morar fora, pensando que em Castro não há oportunidades. “Hoje temos vários cursos de capacitação e várias empresas que oferecem empregos nas mais diversas áreas. O objetivo ter uma feira sobre profissões que há no município é incentivar eles a não parar de estudar”, frisou

A coordenadora de responsabilidade social da Cargill, Renata Macedo de Paula, organizou a primeira edição da feira, que ocorreu no Centro da Juventude ano passado. Também foi a idealizadora do projeto Geração Futuro, que oferece cursos gratuitos e já capacitou mais de 500 jovens para o mercado de trabalho. “Quando a nossa empresa chegou aqui na cidade, já tínhamos em mente fazer um projeto social que capacitasse os jovens para seu primeiro emprego. Para isso, nós entrevistamos 250 famílias das comunidades, e perguntamos o que eles queriam”, relatou.

Os jovens de 17 anos, Davi Fernando e Paulo Augusto pretendem seguir o ramo da Agricultura e Pecuária. Para isto, decidiram fazer o Ensino Médio Técnico no Centro Estadual de Educação Profissional Olegário de Macedo (Colégio Agricola), e indicam aos estudantes que façam um curso profissionalizante. “Assim conciliam a parte teórica com a prática, além de ter a oportunidade de já sair com emprego assim que se formar”, contou Davi.

A Feira de Profissões foi organizada pela Diretoria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Cultura, Cargill, Pincéis Tigre, Granfinale, Calpar, Rolatrek, Castrolanda, Sesc, Senac, Senai, IEL, Agência do Trabalhador, Star Fotos, Eder Informática, Kugler Papelaria e os colégios Nisgoski e Centro Estadual de Educação Profissional Olegário de Macedo, que também oferecem cursos profissionalizantes.

[caption id="attachment_937" align="aligncenter" width="1156"] A Rolatrek Implementos Agrícolas levou um simulador de plantio para mostrar aos visitantes//Foto: Leticia Araujo[/caption]

[caption id="attachment_940" align="aligncenter" width="1156"] Os alunos do Colégio Sesi já possuem a disciplina de Robótica inseridas em sala de aula. Eles levaram seus projetos para a feira, e contaram sobre as vantagens de fazer curso técnico//Foto: Leticia Araujo[/caption]

 

Nenhum comentário

Talvez se interesse...

randomposts

Curta também!

fb/https://www.facebook.com/blogdecastronoticias