Caminhada nos Campos Gerais - Email do Leitor

 Recebemos um e-mail da leitora Eline da cidade de Curitiba, ela pertence ao grupo de caminhada "PÉ NA ESTRADA" que esteve em nossa região a alguns dias. Eline resolveu compartilhar a experiencia conosco. Comentou que acha a região do campos gerais muito linda porém lamenta a falta de incentivo e divulgação do turismo na região.
 O blog agradece a sua participação Eline, e para quem mora aqui, fica a dica de um ótimo programa para a família e amigos!

Mensagem original:

O grupo de caminhada “Pé na Estrada” de Curitiba, resolveu explorar um pouco a região dos Campos Gerais, mais especificamente Castro e Carambeí, para realizar algumas caminhadas e conhecer também um pouco mais da cultura e costumes da região.

O grupo saiu de Curitiba às 06h30min da manhã do dia 01/02/2014, para realizar o primeiro trecho de caminhada. Saíram da Mercearia Moreira & Scorcin, no Tronco e caminharam até o museu da Terra Nova, passando primeiro pela igreja da Terra Nova. Logo no início da caminhada, um filhote de gato resolveu acompanhar a caminhada. Ele aguentou bem os 10 KM e no final da caminhada foi adotado por uma moradora da região que já o batizou de “Curitiba” em homenagem ao grupo de caminhantes do “Pé na Estrada” por serem da região de Curitiba.

No museu da Terra Nova, o grupo foi recebido por pessoas da comunidade local que tinham preparado um delicioso café rural. A renda obtida com esse café fica totalmente para a manutenção e conservação do museu. Os caminhantes, além de praticarem uma atividade física e saborear um delicioso café, também tiveram a oportunidade de se deliciar com um banho de cultura. Pois, enquanto tomavam café, puderam ouvir explicações sobre o surgimento da Colônia de Terra Nova.

Após a visita ao museu, o grupo se deslocou até a chácara de João Scheffer, produtor de amora. Lá também visitaram um pequeno museu e ouviram explicações sobre algumas das peças que lá se encontram. Na sequência, puderam conhecer o local onde é fabricado a geleia de amora Scheffer e comprar o produto por um preço bem especial.

Um dos objetivos do grupo, além de realizar a caminhada, também era conhecer um pouco mais da cultura holandesa na região. Portanto, se deslocaram até o Parque Histórico de Carambeí, onde fizeram uma visita guiada. E para encerrar o dia, escolheram o Orquidário e Cactário Taman Batoe para experimentar a culinária indonesiana, tão famosa entre os holandeses.

No dia seguinte, às 07h30min, o grupo já estava pronto na recepção do hotel para iniciar uma nova caminhada. Dessa vez o trajeto escolhido foi um trecho de 12 KM, saindo do Tronco em direção à Capela Imaculada Conceição. O grupo se encantou em ver a cerração cobrindo toda a região e se encantou mais ainda quando a cerração se dissipou e puderam apreciar a beleza da paisagem da região. O fato de encontrarem uma capela construída em 1862 e ainda em bom estado de conservação também foi motivo de contentamento para muitos integrantes do grupo.

O Restaurante do Morro de Ferro foi o local escolhido para o almoço. O grupo foi muito bem recebido e puderam saborear uma deliciosa comida, além de conhecer um dos pontos turísticos de Castro. Do alto do morro puderam observar o Parque Lacustre e a igreja matriz.

Após o almoço, os integrantes do “Pé na Estrada” ainda tiveram disposição para conhecer um pouco mais sobre a imigração holandesa e sua cultura, visitando o Moinho da Castrolanda e seu museu. Para encerrar o passeio, visitaram a Fazenda Capão Alto.

O grupo “Pé na Estrada” anseia por encontrar Castro e outros municípios dos Campos Gerais no calendário de caminhadas do Anda Brasil.










Postar um comentário

3 Comentários

  1. Esperamos encontrar em breve o município de Castro no calendário das caminhadas na natureza do Anda Brasil.
    www.andabrasil.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de voltar para rever tudo de novo... adorei o passeio!

    ResponderExcluir